sábado, 21 de abril de 2012

Um verão para nunca esquecer ... Parte 44



Rafael entra no quarto e viu que Inês já estava acordada.

Rafael – Já me estragas te a surpresa.

Inês – Então porquê?

Rafael – Porque queria te acordar com um beijo.

Inês – E também me vinhas trazer o pequeno-almoço a cama?

Rafael – Não vinha, venho.

Inês – Que fofinho, então eu vou fingir que estou a dormir e tu acordas-me.

Rafael – Oh amor, já não é a mesma coisa.

Inês – Então não faz mal, vem cá e dá-me muitos beijinhos e depois comemos.

Rafael – Queres beijinhos?

Inês – Claro que quero amor.

Rafael – Então e o que ganho em troca?

Inês – Os meus beijinhos.

Rafael – Gosto, gosto.

Inês – Então anda cá amor.

Depois de tantos beijos decidiram parar.

Rafael – Vamos comer.

Inês – Sim amor.

Rafael – Fui eu que fiz, por isso espero que gostes.

Inês provou um pouco.

Inês – Esta muito bom amor.

Rafael – Ainda bem que gostas-te.

Inês – Temos que passar a fazer isto mais vezes.

Rafael – Mas também tem que ser ao contrário.

Inês – Também pode ser.

Rafael – Queres tomar banho?

Inês – Não bebe, não tenho roupa.

Rafael – Então eu vou tomar banho e depois levo-te a casa.

Inês – Ok bebe.

Rafael – Então vou tomar banho, até já.

Inês – Até já amor.

Rafael foi tomar banho e Inês vestiu-se e quando estavam despachados.

Rafael – Já estou bebé.

Inês – Vamos?

Rafael – Vamos.

Rafael foi levar Inês a casa.

Inês – Combinamos alguma coisa para logo?

Rafael – Sim, o que queres combinar?

Inês – Vamos beber café?

Rafael – Pode ser.

Inês – Até já. Amo-te  

Rafael – Até já, amo-te linda.

Despediram-se e Inês entrou em casa.

Inês – Prima! Estas cá e não dizias nada?

Ana – Pensei que estivesses cá e também cheguei mesmo agora.

Inês – Vens passar a tarde comigo?

Ana – Sim e preciso muito falar contigo.

Inês – O que se passa?

Ana – Podemos falar no teu quarto? É que a minha mãe esta na cozinha com a tua.

Inês – Podemos, já almoças-te?

Ana – Não.

Inês – Então vamos almoçar e depois vamos para o meu quarto e falamos a vontade.

Foram para a cozinha.

Inês – Olá tia!

Sandra – Olá linda! Como estas?

Inês – Bem tia e você?

Sandra – Também estou bem.

Inês – Mãezinha!

Ana – Filha, que tal de noite?

Inês – Mãe não comece, tivemos a ver dois filmes.

Ana – Eu não estava a pensar em nada.

Inês – Eu já a conheço mãe, mas pode confiar em mim.

Ana – Eu sei filha.

Inês – Já almoçaram?

Ana – Não, estávamos a tua espera. Até ia agora enviar uma mensagem a perguntar se vinhas almoçar.

Inês – Agora já sabe.

Ana – Que engraçada.

Inês – Gosto muito de si mãezinha.

Sandra – Olha lá ela a dar a graxa.

Inês – Tia não diga isso.

Ana – Vá vamos lá comer. Ana estas muito calada.

Ana – Não estou nada tia.

3 comentários:

Katia disse...

bem comecei a ler hoje a historia e ja vou neste capitulo, adoro completamente *o*

sophie disse...

http://www.facebook.com/photo.php?fbid=382888585089054&set=a.382786995099213.91159.264167150294532&type=3&theater
Ajuda-me a passar à proxima fase, mete gosto e divulga pf! obrigada:)

- HGabiL disse...

Obrigado *-*