quarta-feira, 9 de maio de 2012

"Isto não está a acontecer"



Mafalda a narrar 

Vai começar um novo ano lectivo e vou conhecer novas pessoas. Espero que seja um ano melhor que o ano passado, apesar de ano passado não ter sido assim tão mau, porque o meu melhor amigo esteve sempre do meu lado. 

Não sei como explicar a minha relação com o Filipe, por vezes consegue-me irritar profundamente e nos meus piores momentos está do meu lado para me apoiar e me acalmar.

O meu telefone tocou e fui ver quem era e só podia ser o meu melhor amigo.

F – Olá best! Então como estas? As férias estão acabar e temos que aproveitar, o que vamos fazer hoje? Beijos

M- Olá meu parvo! Eu estou bem e tu? Não sei, ontem fui eu a planear o que fizemos, hoje és tu. Beijos

F – Parva és tu! Eu podia estar melhor. Então já sei o que vamos fazer. Beijos

M- Tu é que és parvo! Porque é que podias estar melhor? E o que vamos fazer? Beijos

F – Eu logo já te digo o parvo. Podia estar melhor porque … esquece! Depois vês o que vamos fazer, vou buscar-te as 15h. Beijos

M- Tu sabes que eu odeio que comeces as conversas e não acabes. Diz lá porque podias estar melhor. Mas eu preciso saber o que vestir. Beijos

F – Depois falamos disso. Tipo veste biquíni e roupa desportiva, não precisas levar toalha. Beijos
M - Vou de biquíni e não levo toalha? Beijos

F – Sim best, confia em mim. Vou ter que ir ajudar a minha mãe! Até já, gosto muito de ti mana.

M – Vou confiar. Até já, também gosto muito de ti parvo.


Filipe a narrar 

E continua a chamar-me de parvo, logo já vai ver. A Mafalda foi a melhor coisa que me aconteceu até agora, ela é a irmã que nunca tive. Gosto muito dela e vou fazer de tudo para que ela nunca sofra.
Depois de ajudar a minha mãe vou despachar-me para poder ir ter com ela.

Rita – Filipe vem ajudar a mãe!

F - Sim, vou já mãe.

Já ajudei a minha mãe em tudo agora já posso ir ter com a Mafalda.

R – Onde vais tão apresado?

F- Vou me despachar porque vou ter com a Mafalda.

R – Eu logo vi que só podia ser por isso. Levaram o verão todo juntos e mesmo assim ainda não se cansaram.

F – Mãe é a minha melhor amiga, sei que posso contar com ela para tudo.

R – Eu sei filho só estava a brincar contigo. Eu gosto de saber que tens uma amiga assim e espero que sejam assim para ela também.

F – Claro que sou mãe.

R – E tens estado com o Ricardo e com o Miguel?

F – De vez em quando vamos até ao jardim andar de skate.

R – Mas já não são amigos como eram?

F – Somos, eles é que agora tem as namoradas e é normal que queiram estar mais tempo com elas, mas as vezes eu e Mafalda saímos com eles e as namoradas.

R – Ah pronto!

F – Desculpa mãe mas vou ter ir despachar-me porque combinei com a Mafalda as 15h.

R – E ainda tens muita gasolina?

F – Sim mãe, obrigado!

R – Ok, então vai diverte-te e juízo.

F – Sempre!

Já é hora de ir tem com a minha maluca. Vou enviar-lhe uma mensagem.

@ “Estou a sair de casa, vai andando par a rua. Até já mana GMDT"

(...)

1 comentário:

Maria João Cardoso disse...

será que te posso pedir um favor? ontem de noite decidi criar um blog de fotografias minhas. será que podes passar por lá? e se gostares segue-me. aqui tens:

http://aminhavidaemfotografia.blogspot.com