terça-feira, 20 de setembro de 2011

Um verão para nunca esquecer ... Parte 20


 Inês
                - Sim estou, tudo depende de como correm as coisas lá. Eu tenho que ver como é a tua vida e se não tens mais ninguém. Não me quero iludir com esta relação e mais tarde sair magoada como já aconteceu, e não temos de nos esquecer um do outro, se as coisas não correrem bem sempre podemos ficar amigos por muito que nos custe.
Nelson
                - E achas que eu consigo ser só teu amigo depois de tudo o que passamos? Mas eu prefiro te ter como amiga do que ter de te perder para sempre, mas sabes que mais? Vamos aproveitar.
Inês
                - Mas já falta pouco para me ir embora. Tu pensa bem se queres ir realmente comigo já para Lisboa.
Nelson
                - Claro que quero. Tu coloca nessa cabecinha linda que eu te amo e em Lisboa não tenho ninguém.
Inês
                - Pois que tu saibas. Imagina que uma amiga tua gosta de ti e tu não sabes.
Nelson
                - Acho isso impossível.
Inês
                - Nada é impossível.
Nelson
                - Pois não, por isso é que o nosso amor não é e por isso vamos ficar juntos e nada nos vai separar.
Inês
                - Só com o tempo é que podemos ver isso.
Nelson
                - Tu és muito pessimista não és?
Inês
                - Não, não sou pessimista muito pelo contrário, apenas já passei por muito, por alguns relacionamentos e sei como as coisas são, por vezes o amor não chega.
Nelson
                - Estas a ser tonta. Eu já te disse que não sou como os outos, eu amo-te e não estou a brincar com os teus sentimentos. Eu também já sofri muito e já não quero sofrer mais por isso quero que as coisas resultem entre nós.
Inês
                - Já te disse que só com o tempo é que nós vamos ver se resultamos ou não.
Nelson
                - Olha Inês para mim chega já estou farto de esta conversa de ….
Inês
                - Conversa de quê? É o que eu sinto e não posso mudar isso ou aceitas a minha opinião ou as coisas assim ainda correm mais mal.
Nelson
                - Faz o que tu quiseres. Eu já estou farto desta conversa. Vou dormir, até amanhã.
Inês
                - Quando não gostas da conversa dizes logo que estás farto e vais dormir.
Nelson
                - Chega já! Tu continua lá com a tua conversa que eu vou dormir. Estás a ser muito parva comigo.
Inês
                - Agora eu é que sou parva? Ok, depois mais tarde falamos.
Inês continuou a ver o filme e o Nelson foi dormir. No dia seguinte Inês acordou um pouco triste porque sabia que só já tinha um dia para aproveitar a praia e aquela ilha linda.
Inês – Olá! Beatriz já viste que só temos este dia e temos que o aproveitar muito bem.
Beatriz – Podes querer que temos que o aproveitar muito bem. E o que vamos fazer?
Inês – Para te dizer a verdade não sei muito bem, mas não me apetece encontrar o Nelson.
Beatriz – Porque amiga?
Inês – Porque a nossa conversa ontem não correu muito bem.
Beatriz – Vão ter que resolver isso o mais rápido possível, não te esqueças que amanhã vais no mesmo avião que ele para Lisboa.
Inês – Nem sei se tenho vontade.
Beatriz – Mas tu tens a certeza que gostas dele?

Gostava de ter a vossa opinião, de como queriam que a história acabasse , obrigada :) 

3 comentários:

Bruna Silva disse...

eu gostava tanto que o Nelson e a Inês ficassem juntos!! passaram por muito, merecem estar juntos e felizes... por favor "junta-os"!!

Joana Patrícia disse...

Está demais.

Joana Patrícia disse...

Se fosse eu fazia mais qualquer coisa com o Rafael. Adorei :)